NATALIA DO VALE
HOME OFFICE

Atualmente, a frota de táxi de São Paulo conta com aproximadamente 40 mil veículos, que se confundem com sua paisagem. É tão comum “pegar” táxi na cidade que a prática virou tradição. E foi justamente considerando a importância deste meio de transporte para a capital paulista que o PL (Projeto de Lei) 576/2018, de autoria do vereador Adilson Amadeu (DEM), propõe que o serviço de Táxi seja declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Cidade de São Paulo.

Cartão de visita da cidade

Na justificativa do Projeto de Lei, o autor explica que o Táxi na cidade de São Paulo é exemplo para todo o país e se tornou cartão de visitas da capital paulista. Por isso, o PL visa “reconhecer e proteger esse gigantesco patrimônio cultural da cidade, diante de seu interesse público”.

O texto do PL prevê ainda que o serviço de Táxi seja protegido pelo Programa Permanente de Proteção e Conservação do Patrimônio Imaterial, para os fins de identificação, registro, incentivo e estudo.

O parlamentar recorda ainda, na justificativa do PL, na cidade de São Paulo o serviço de transporte particular pago de passageiros vem de longa data. Os primeiros veículos datam do fim do século 19 e se concentravam no Largo da Sé e no Pátio do Colégio. Na frota da metrópole, também foram comuns os DKW, na década de 60, e os Fuscas, os preferidos nos anos 80.

Atualmente, a cidade de São Paulo conta com uma frota de táxi com cerca de 40 mil carros e o serviço de transporte por aplicativo também se popularizou.

Conheça o vereador

Acompanhe aqui outros projetos em tramitação do vereador Adilson Amadeu (DEM). No link, você também poderá obter os canais de comunicação do parlamentar e participar diretamente do mandato por meio de propostas, sugestões ou recebendo informativos através do formulário Fale com o Vereador.






Source link