As catarinenses Juliana e Dani, que foram criadas pelos pais e avós em contato direto com os animais, usaram as dificuldades da pandemia para elaboraram um serviço muito especial durante a pandemia: o Táxi Pets. As irmãs moram na Grande Florianópolis e transformaram o convívio dessa época de criança num bom negócio. Seu amor pelos animais despertou-lhes o empreendedorismo. Juliana, que é protetora há mais de 9 anos na região de São José, sentia na pele essa necessidade. Um trabalho voluntário que sofre inúmeras barreiras, já que nem todos dispõem de veículos próprios, amigos com tempo disponível para dar carona ou carros de aplicativo que aceitem animais para transportar os bichos para consultar veterinários, entrega de animais adotados e resgates.

Dani realiza atendimento a qualquer pessoa que já tenha seu pet de estimação  
Dani realiza atendimento a qualquer pessoa que já tenha seu pet de estimação

(Foto: divulgação)

Muitos pet shops, por exemplo, não oferecem o leva e traz de banho e tosa, porém as irmãs Weber oportunizam essa comodidade para os tutores dos peludos. O serviço também oferece transporte interestadual com segurança e garantia de uma vida inteira dedicada a amar os animais.

A empresa de táxi, que surgiu como uma alternativa ao desemprego, já estendeu os serviços e atende também com pet sitter.

Fonte original